Faculdade Kennedy
0800 031 2103
31 98488-7050

Inscrições prorrogadas para o Projeto Rondon

Trabalhos sociais buscam atender demandas de cidades do interior

O Projeto Rondon Minas, seleciona novos extensionistas para trabalho voluntário nos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas. A se realizar entre os dias 8 e 21 de dezembro de 2017.

Alunos de todos os cursos de graduação podem procurar o professor James através do e-mail jamesladeia@uol.com.br para mais informações. Leia o edital aqui.

 

  • Saiba mais sobre o projeto Rondon Minas

O Instituto Rondon Minas é uma organização não governamental do terceiro setor, que atua desde 2005 com empreendedorismo social e voluntariado em várias temáticas. Seu principal objetivo é promover o desenvolvimento social com responsabilidade socioambiental.

O Instituto elabora e executa projetos de cunho social com equipes multidisciplinares e promove a extensão do conhecimento técnico e científico. Através de suas ações, incentiva a sociedade civil a ser corresponsável pelos problemas sociais. A ONG tem como foco intervenções sociais em comunidades que apresentem demandas de trabalhos sociais, com execução de ações para o desenvolvimento local. A proposta é atender todos os públicos nas comunidades e, além disso, realizar troca de experiências e capacitações com a sociedade civil organizada, poder público e demais parceiros.

O Projeto Rondon® Minas atua desde 2005, com uma metodologia própria e com o objetivo principal de fortalecimento organizacional, social, político e coletivo em diversas comunidades mineiras.

As atividades são realizadas em duas etapas: a primeira, com o diagnóstico participativo e aplicação de questionários, por meio de amostragem, realizado nos municípios, que acontece com a participação de toda a comunidade.

Outro momento junto à comunidade são reuniões temáticas para discussão de problemas, necessidades enfrentadas pelos moradores e potencialidades nas diversas áreas, entre elas: meio ambiente, saúde, educação, transporte, assistência, habitação; e as ações socioeducativas realizadas nas comunidades após o resultado do diagnóstico participativo.

Além das ações de mobilização e capacitação de comunidades baseado em propostas de desenvolvimento que priorizam a formação social e política dos indivíduos, as soluções coletivas, a solidariedade e o resgate da cultura local.


Publicada em: 24/10/2017

Notícias Relacionadas: